Leitores Online

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Correios podem lançar serviço de e-mail criptografado


Depois que denúncias de que a Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e a Petrobras foram espionadas por agências de segurança dos EUA, a privacidade e a segurança na internet ganharam amplo destaque. Devido a esses casos, os Correios aceleraram o desenvolvimento de um serviço nacional de e-mail criptografado chamado Mensageira Digital. Com previsão para ser finalizado no final do primeiro semestre de 2014, ele começou a ser desenvolvido em 2012, um ano depois da estatal receber autorização para atuar na área de segmento postal eletrônico.

Mensageira Digital: o serviço de e-mail criptografado dos Correios

A ideia inicial da Mensageira Digital era de oferecer um serviço de e-mail mais seguro, criptografado e com certificação digital. A princípio ele seria destinado a empresas, que pagariam por ele. No entanto, o projeto do correio eletrônico se tornou mais abrangente depois de pedido do Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, feito após o estopim da espionagem norte-americana.

Com a maior abrangência, o nível de segurança do projeto para a maioria dos internautas diminuiu, já que a certificação digital, que tem alto custo, não deve mais estar presente para todos. Mas de acordo com os Correios, deve existir uma versão paga do serviço, com essa proteção extra. Além disso, as mensagens enviadas para outros servidores – como Google ou Yahoo! – não podem ser criptografadas, o que só vai ocorrer entre e-mails trocados por usuários da Mensageira Digital.

Na versão gratuita do e-mail ainda existe a possibilidade de parceria com outras empresas ou da inserção de publicidade, para arcar com os custos do projeto. Atualmente as empresas similares aos Correios de França, Portugal, Espanha e Suíça, por exemplo, possuem serviços de e-mails parecidos. A Mensageira Digital vem sendo desenvolvida por um grupo de 60 profissionais alocados na cidade de Brasília – DF.

Por Vinicius Brino




Por: Flávio Croffi / Segurança / Web

Nenhum comentário: