Leitores Online

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

‘Robocóptero’ encontra sozinho local para aterrissar


O conceito de carros autônomos já foi colocado em prática, mas ainda não chegou às massas. Mesmo assim, a ideia já está se espalhando, e chegou aos helicópteros. O Unmanned Little Bird, da Boeing – a mesma que fabrica aviões –, é o modelo com a tecnologia mais recente que se encaixa no conceito. Capaz de carregar duas ou mais pessoas, ele decola, voa e até encontra um bom local para aterrissar por conta própria.

O segredo da aeronave é a combinação de um scanner LIDAR (light-radar, uma mistura de luz e radar) com um software específico. Com ambos, o helicóptero se localiza e cria uma espécie de “modelo 3D” do terreno sobrevoado. Dessa forma, identifica eventuais obstáculos e reconhece um terreno adequado para fazer o pouso – leia-se: plano e aberto. O funcionamento do sistema você confere no vídeo abaixo – os pilotos estão no veículo apenas para monitorar, e quem faz todo o resto é o “robô”.

Helicópteros autônomos não sem bem uma novidade. O exército norte-americano, dono de mais de 840 veículos “inteligentes”, tem 30 deles, de acordo com o site IEEE Spectrum. Dois Lockheed Martin K-Max foram usados pelos Marines para entregar suprimentos no Afeganistão, enquanto a Marinha utilizou alguns Fire Scouts, da Northrop Grumman, para patrulhar a costa da África.

Os dois veículos, no entanto, não são tão inteligentes a ponto de conseguirem pousar sozinhos. Por isso, têm uso limitado – não servem para uma operação de resgate, por exemplo. Mas o conceito da Boeing, que combina um bom software com um scanner ativo, pode solucionar esse problema e ainda evitar colocar mais vidas humanas em risco. Isso é, se não caírem em “mãos erradas”.




Por: Gustavo Gusmão / Gadgets INFO / Miscelânea

Nenhum comentário: