Leitores Online

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Run-n-read facilita a leitura na hora de correr na esteira


Correr em uma esteira não é das atividades mais divertidas, convenhamos. Para ajudar a passar o tempo, as pessoas apelam para as diversas ações: ouvir música, ver TV e até ler. Este último caso, no entanto, não é das tarefas mais fáceis – a cabeça balança, o que impossibilita a leitura. Mas um curioso acessório chamado Run-n-Read (correr e ler, em tradução livre) promete resolver esse problema da vida moderna.

Preso à gola da camiseta ou a uma “headband” (faixa de cabeça), o pequeno dispositivo interage diretamente com a tela de um tablet. Conforme a cabeça e os ombros da pessoa se movem na corrida, o texto exibido se movimenta no mesmo ritmo, o que, na teoria, torna a atividade de ler enquanto corre bem mais fácil. O vídeo de explicação liberado pela Weartrons, empresa responsável pelo projeto, explica melhor a proposta, mesmo que em inglês.

A ideia é que o Run-n-Read se ligue aos dispositivos móveis com a ajuda de um aplicativo e-reader, que teria versões gratuitas para Android 4.3 e iOS. O texto se mantém sincronizado com a pessoa, e os “algoritmos inteligentes” do aparelho usam uma taxa de atualização de tela de 60 quadros por segundo para garantir que a tela vai “acompanhar” sua visão. Dessa forma, a não ser que você esteja muito rápido na esteira, nenhuma vertigem deve ser sentida.

O Run-n-Read em si será bem simples, e além dos sensores, terá uma bateria que promete 20 horas de uso contínuo. Por ele também que serão passadas as páginas no app – um toque avança e dois fazem voltar. Aliás, entre outras funções, o dispositivo servirá como um contador de passos e de calorias, se baseando na altura e no peso da pessoa para tentar garantir a precisão. Assim, mesmo que você prefira um livro em áudio, o gadget não deixará de ter utilidade.

Por ora, o Run-n-Read existe apenas como protótipo, mas quem quiser, já pode comprá-lo com antecedência por 55 dólares no site oficial. Os responsáveis pela ideia têm parceria com a Dragon Innovation, uma empresa que ajuda a financiar projetos assim. Mais de 150 pessoas estavam dando suporte ao acessório até o momento, e a meta de 30.000 dólares já passava dos 10.000, restando 24 dias para a data limite. Ou seja, é de se esperar que o aparelho realmente chegue ao mercado em janeiro de 2014.

video



Por: Gustavo Gusmão / Gadgets INFO / Miscelânea

Nenhum comentário: