Leitores Online

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

GoPro Hero3 evolui para Hero3+ com mais truques de software e menos peso


Faz quase um ano que praticantes de esportes radicais começaram a filmar suas façanhas em resolução 4k graças à excelente Hero3 Black Edition. Já era tempo para um upgrade e foi justamente isso que ganhamos ontem com a Hero3+, que chega nas versões Black e Silver Edition. A GoPro também anunciou uma série de acessórios novos para montar a câmera nos lugares mais inusitados.

As mudanças de hardware na Black Edition são mais evolucionárias do que revolucionárias. O conjunto de câmera e caixa estanque tornou-se 20% menor e mais leve que o mesmo arranjo com o modelo anterior. A GoPro também promete um Wi-Fi quatro vezes mais rápido e uma bateria de duração 30% mais longa, duas áreas que realmente precisavam de melhorias. Por fim, a máquina também recebeu uma lente mais apurada e resistente a aberrações.

No que diz respeito à Silver Edition, a GoPro introduziu um processador de imagem mais rápido que permite truques como a filmagem em 1080p a 60 FPS ou em 720p a 120 FPS. Ou seja, agora o modelo intermediário da máquina é capaz de filmar em HD com efeito de câmera lenta (desde que o vídeo seja reproduzido em 30 FPS, é claro). Embora a GoPro não tenha anunciado qual é o modelo exato desse processador de imagem, é de se esperar que se trata de um Ambarella A7, o mesmo utilizado pela Black Edition anterior. Ainda estou esperando por uma Hero com o Ambarella A9, que finalmente permitiria filmar em 4k a um frame rate razoável. A Silver recebeu o mesmo upgrade de Wi-Fi que a Black e sua caixa estanque tornou-se 15% menor.

Há duas grandes novidades no software das máquinas. A Hero+ é capaz de identificar variações de luz e automaticamente alterar o frame rate do vídeo para melhorar a qualidade de imagem. Isso quer dizer que ela diminui a taxa de quadros quando a cena é predominantemente escura, o que faz com que cada quadro seja exposto à luz por mais tempo. O segundo recurso novo é o  modo de filmagem SuperView, que funciona nas resoluções 1080p e 720p. Como acontece em câmeras fotográficas comuns, a GoPro possui um sensor de proporção 4:3, o que significa que apenas uma parte desse componente é utilizada quando a câmera 
grava vídeos no formato widescreen. Com o SuperView, a máquina passa a filmar utilizando o sensor inteiro e depois ajusta a imagem em um enquadramento 16:9. Na prática, isso quer dizer que o campo de visão da Hero3+ pode ser mais amplo no eixo vertical do que o do modelo anterior.

Além das câmeras, vários acessórios novos foram anunciados. Entre eles, os mais interessantes são o Junior Chesty, que serve para montar a câmera no torso de crianças (por 30 dólares), e o Jaws Clamp, que é um prendedor com uma haste flexível (por 40 dólares). A Black Edition é vendida por 400 dólares e a Silver sai por 300 dólares.




Por: Leonardo Veras / Gadgets INFO / Cãmeras digitais

Nenhum comentário: