Leitores Online

quinta-feira, 13 de março de 2014

Nikon V3 grava 20 quadros por segundo com foco contínuo


Talvez a série de câmeras Nikon 1 não tenha um grande sucesso comercial, mas essas máquinas introduziram uma série de tecnologias de sensor de imagem que são impossíveis de ignorar, especialmente quando o assunto é obturador eletrônico. Hoje, a Nikon e a Aptina continuam essa tradição com a nova V3, uma híbrida que atinge velocidades absurdas no modo de disparo contínuo: 20 FPS com rastreio de foco e 60 FPS com foco travado. Em outras palavras, essa pequena câmera é mais rápida que a Nikon D4s e a Canon 1D X em termos de taxa de quadros por segundo.

Frame rate sempre foi um dos aspectos mais interessantes da série 1. Pouco tempo depois que a J1 e a V1 foram lançadas, alguns fotógrafos mais criativos perceberam que essas câmeras poderiam ser usadas para gravar “videos” 4k em RAW, capturando 30 fotos em 1 segundo e depois reunindo tudo em um software de edição de vídeo. Nem imagino o que os artistas pelo mundo afora serão capazes de fazer com 60 FPS.

Para quem é estritamente fotógrafo, creio que a parte mais excitante da nova câmera é o disparo contínuo com tracking  que excede em velocidade até as melhores câmeras profissionais. É difícil dizer o quão preciso esse sistema de foco contínuo é na prática, mas no papel ele é bem impressionante. A Aptina introduziu um sistema de foco por detecção de fase no CMOS da V3 que cobre quase 100% do frame: são 105 pontos que se somam a outros 171 pontos de foco por contraste.

Como estamos falando de uma câmera híbrida, a V3 é capaz de suportar um número enorme de lentes com um adaptador simples. Seu sensor de formato pequeno (1″) também resulta em distâncias focais equivalentes muito mais longas. Uma lente de 300 mm, por exemplo, produz um campo de visão equivalente a 810 mm (fator de crop de 2,7 x) nessa máquina. Obviamente, usar uma câmera tão compacta com uma lente tão longa não é muito confortável, mas também não é impossível imaginar um fotógrafo de vida selvagem se aproveitando do alto frame rate da V3 com uma teleobjetiva, por exemplo.

Naturalmente, a V3 também ganhou a habilidade de filmar em 1080p a 60 FPS. Mas ela não pára por aí: durante a gravação de vídeos, a câmera pode capturar fotos de momentos importantes automaticamente. A V3 também ganhou a habilidade de gravar em 720p a 120 FPS, o que produz um efeito de câmera lenta quando o vídeo é reproduzido a 24 ou 30 FPS.

Outras novidades que merecem atenção são a ampliação do limite de ISO para 12800, o aumento da resolução para 18,4 MP e a presença de Wi-Fi embutido. A câmera será acompanhada de uma lente (10-30 mm), um EVF e um grip removível, compondo um kit de 1200 dólares que chega ao mercado em abril.




Por: Leonardo Veras / Gadgets INFO / Câmeras digitais

Nenhum comentário: