Leitores Online

sexta-feira, 27 de março de 2015

Intel e Micron lançam chip que abre possibilidade de memória flash com 3,5TB


A capacidade sempre foi um problema das unidades de estado sólido, as SSDs. Cada um dos chips que a compõe é caro e existe um espaço limitado dentro de um drive para abriga-las. No ano passado, a Samsung começou a resolver esses problemas com o V-NAND, empilhando as células de memória para aumentar a capacidade do processador.

Nesta quinta (26), a Micron e a Intel anunciaram o desenvolvimento de um chip de memória flash com o triplo da capacidade de seu concorrente da Samsung. Também na quinta, a Toshiba também apresentou seu chip, que tem a mesma capacidade do processador da Samsung. 

Segundo a Intel, o chip que ela está produzindo com a Micron pode produzir um chip de memória flash com capacidade de 3,5TB com o tamanho de um pen drive. Além de aumentar a capacidade do computador, os chips podem fazer com que os chips de memória flash substituam o HD nos PCs mais baratos. Atualmente, os laptops com SSDs de 1TB são os mais caros do mercado.

Os chips da Intel-Micron e da Toshiba também usam a tecnologia de empilhamento dos transistores para garantir mais bits, chamada de 3D NAND (sigla em inglês para um tipo de memória de computador não-volátil). Assim como em um prédio, o número de células que podem ser colocadas em uma mesma área pode aumentar a capacidade de armazenamento, bem como o número de ocupantes que são colocados em cada célula.

Nesse sentido, o chip da Intel-Micron oferece duas opções: 2 bits por célula para chips que armazenam 256 GB no total e, então, 3 bits para chips de 384 GB. O produto da Toshiba armazena 2 bits por célula para os chips de 128 GB, mas um chip com 3 bits ainda será lançado, de acordo com a empresa.

A maior parte das vantagens trazidas pela memória flash acontece pela maneira como as células de memória são espalhadas pela superfície de um chip bidimensional. A solução da Intel-Micron tem as mesmas 32 camadas da Samsung, mas o chip da Toshiba tem 48 camadas.

A Intel não revela o tamanho de cada chip de memória, mas afirma que um pacote com 16 chips e 768 Gb seria equivalente a ponta de um dedo.  Atualmente, a maioria dos smartphones possuem 128 Gb de memória. Já um notebook, como o novo MacBook, vem com duas opções de SSD, com 256 GB e 512 GB.




Por: Gabriel Garcia, de INFO Online / Tecnologia pessoal

Nenhum comentário: