Leitores Online

segunda-feira, 21 de março de 2016

OFICIAL: Apple apresenta iPhone SE com ecrã 4 polegadas e novo iPad Pro


Tim Cook apresentou hoje na sede da Apple em Cupertino (Califórnia, EUA) o tão novo falado iPhone que junta um ecrã pequeno às características de topo dos modelos 6S e 6S Plus.

O CEO da Apple começou o keynote de hoje a reforçar a posição da empresa no caso do jailbreak do iPhone do terrorista do massacre de São Benardino: «A segurança dos dados é uma responsabilidade da qual não vamos abdicar». 

Depois de mostrar que a empresa opera com energia renovável em 93% das suas
subsidiárias em todo o Mundo, Portugal incluído, e da apresentação do programa Apple Renew (para a reciclagem de iPhones), a marca anunciou a criação do CareKit.

Esta API vai permitir que as instituições de saúde desenvolvam apps para controlar várias doenças – o exemplo dado pela Apple foi o Parkinson; contudo, um dos objectivos é ajudar os pacientes a recolher dados sobre si e a partilhá-los com os seus médicos.

As primeiras novidades da tarde (manhã na Califórnia) foram sobre o Apple Watch, o relógio inteligente «mais vendido do mundo», como disse Tim Cook. Agora há novas braceletes de nylon em várias cores, como o azul, o rosa e o laranja; as Sports Bands também ganham outros tons. O preço do Apple Watch também baixa de preço, para os 299 dólares.

Dos relógios, a Apple saltou para a Apple TV e, mais uma vez, sublinhou o facto de as apps serem o «futuro da TV». O novo tvOS vai permitir a organização das apps em pastas, a disponibilidade da Siri na App Store e a busca de fotos na app do iCloud.

Depois destes “fait-divers” estava então tudo preparado para passar às grandes novidades. O ecrã pequeno é a principal característica, a resposta da Apple aos consumidores que continuam a preferir os iPhones com ecrãs pequenos.

Lá dentro está um chip A9, o que o torna tão poderoso como um iPhone 6S e três vezes mais rápido que o 5S. Também certo no SE está o co-processador M9, que torna, por exemplo, a Siri sempre acessível a partir do comando de voz «Hey, Siri».

A câmara também conta com capacidades idênticas às do 6S: 12MP, Live Photos e as tecnologias Focus Pixels e True tone Flash; a gravação de vídeo 4K também é uma realidade.

NFC, Wi-Fi ac e Touch ID, como não poderia deixar de ser, são outras das características deste novo iPhone que tem um design muito semelhante ao do iPhone 5 e 5S.

Com 16 GB, o novo iPhone SE começa nos 399 dólares nos EUA; 64 GB custará 499. As pré-vendas começam dia 24 e dia 31 chegam às lojas norte-americanas. Portugal só recebe o iPhone SE no final de Maio.

Sobre o iOS 9.3, a Apple também mostrou algumas novidades: a função Night Shift, que muda automaticamente a cor do ecrã para um tom mais quente, assim que detecta o por do sol por georreferenciação; a possibilidade de usar uma password na app Notas foi outra função destacada. A actualização para o iOS 9.3 pode ser feita já hoje.

Outra das novidades já esperadas acabou por confirmar-se: o novo iPad Pro com um ecrã de 9,7 polegadas que é 25% mais brilhante e com mais 25% de saturação de cores que o display do iPad Air 2.

A tecnologia True Tone Display, que mede a temperatura de cor da luz ambiente e que ajusta o ecrã tendo isso em conta. Esta novidade da Apple, que a marca diz ser a primeira vez que existe num dispositivo móvel, muda a cor de uma página branca para um tom mais agradável para leitura.

Também estão garantidos quatro altifalantes, os processadores A9X e M9 e uma capa com teclado semelhante à do iPad Pro. O Apple Pencil também pode ser usado no novo iPad Pro de 9,7 polegadas.
A câmara deste iPad Pro é a mais avançada de sempre da Apple, com 12MP e capacidade de gravação de vídeo 4K. À frente está um sensor de 5MP com Flash Retina. A Apple chama-lhe «o derradeiro substituto de um PC».

Com armazenamento de 32, 128 e 256 GB, o novo iPad Pro vai ser vendido em quatro cores: Prateado, Dourado, Cinzento Sideral e Rosa Dourado. Nos EUA os preços começam nos 599 dólares.

Estas foram as novidades de Primavera da Apple – agora, mais novidades em termos de software ficam para o WWDC’16 (que deve decorrer em Junho); os novos iPhone 7 devem ser anunciados depois do Verão, em Setembro ou Outubro, já na nova sede da empresa, prometeu Tim Cook.




Por: Ricardo Durand / Mobilidade
Fonte: www.pcguia.pt

Nenhum comentário: